//
você está lendo...
Notícias, Textos

Após cheia do Rio São Francisco, famílias ribeirinhas tentam se reerguer

Por Priscila Souza de Carvalho.

Comunicadora Popular da ASA/Cáritas Minas Gerais.

Para conhecimento daqueles que solidariamente contribuíram com as comunidades ribeirinhas, pescadores e vazanteiros que sofreram com a cheia do Rio São Francisco no inicio de 2012; as ações solidárias beneficiaram mais de 150 famílias em condições de vulnerabilidade social com a perda de suas casas e fontes de alimento.

O estado de emergência em Januária-MG, decretado em janeiro de 2012, na época da cheia do rio, foi feita por uma declaração municipal, pois não se conseguiu uma declaração do estado, desse modo apenas a Defesa Civil Municipal e os mutirões da população januarense auxiliaram o povo.

A Colônia de Pescadores de Januária-MG também ajudou, pois já tinha como cultura prevista em seu estatuto o auxilio com transporte por meio de barcos para transferência das famílias para locais seguros, longe dos lugares alagados. Simeão Reginaldo, presidente da colônia, conta que já estava fazendo este trabalho quando foi convidado pela Defesa Civil a participar para ações conjuntas com o SESC, IDENE, EMATER, IEF, Policia Militar, Policia Ambiental e Cáritas.

Não houve ajuda financeira do Governo Estadual para as necessidades do povo, visto que o decreto de emergência teve abrangência apenas municipal, a ajuda que se conseguiu e se consegue até hoje teve origem nas ações da defesa civil e nos mutirões da cidade.

Fizemos um trabalho muito bacana, conhecemos bastante gente que precisava e até uma família de quilombolas do Nilson, onde até de barco tínhamos dificuldade para nos aproximar deles, lá a necessidade era tanta que tivemos de levar cesta básica duas vezes”, disse Simeão.

Os pescadores e ribeirinhos começam agora no final de fevereiro e inicio de março a voltar para suas ilhas e reconstruir suas casas e roças. De acordo com o relato do presidente da colônia, Simeão, eles deverão conseguir se recompor apenas em junho e por isso ainda esperam por ações de solidariedade e alimentos. A colônia ainda não parou, continua trabalhando e ajudando estas famílias.


About these ads

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Realização

Amigos de Januária

Apoio

TRANSLATOR

Junte-se a 1.516 outros seguidores

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.516 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: