//
você está lendo...
Notícias

O caso do Plano Plurianual de Januária-MG

O Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG) para o quadriênio 2014/2017 de Januária-MG foi aprovado em primeiro turno pelos vereadores da Câmara Municipal da cidade e já estava prestes a ser votada em segundo turno se a população e organizações não-governamentais não solicitassem sua revisão.

documento2

Acontece que o Plano Plurianual apresentava diversas clausulas que não condizem com a realidade do município como extração de petróleo, defesa das fronteiras, manutenção de ferrovias (não temos linha de trem), exploração de transporte marítimo (minas não tem mar), cooperação internacional entre outros.

O PPAG previa R$ 87 milhões para 2014. Acredita-se que o plano tenha sido copiado e adaptado para a cidade, mas sem observância em tais pontos, bem como revisão e leitura minucioso. O documento foi assinado pelo Prefeito Municipal e ainda aprovado em primeiro turno pelos vereadores municipais. Vale lembrar que o processo possui cerca de 1.000 páginas.

O Plano Plurianual de Ação Governamental é o instrumento normatizador do planejamento da administração pública de médio prazo. É a referência para a formulação dos programas governamentais do quadriênio, orientando acima de tudo as proposições de diretrizes orçamentárias e as leis orçamentárias anuais. O PPAG define qual será o escopo de atuação do Estado para um período de quatro anos, ou seja, define os programas e ações de governo, com suas respectivas metas físicas e orçamentárias, que serão executados durante esse período.

Para mais informações recomendamos os links: 1, 2 e 3.

Discussão

6 comentários sobre “O caso do Plano Plurianual de Januária-MG

  1. Ehhh, o problema é que Januária não tem jeito.. Esse plano não vai pra frente. Um ano já foi perdido. Não vimos mudança alguma. Quero ver se nos três anos restantes eles vão dar conta disso. A prefeitura também deveria rever a documentação sobre o Plano antes de falar em mar, ferrovias, petróleo. Acho que se pagasse os funcionários como deveriam, a população ficaria mais satisfeita. Isso já era um ponto positivo para o Governo da Cidade. Do jeito que tá, se ganhar mais pontos negativos a cidade nunca vai melhorar. E quem diz o contrário é tolo ou mentiroso, porque sabe que nenhum político que o povo elege tem capacidade de fazer essa cidade crescer. Se ela ainda é tem alguma coisa hoje, é graças ao povo que ainda acredita que aqui pode crescer.

    Publicado por Sr Lima | dezembro 17, 2013, 11:21 pm
  2. Que vergonha, rsrsrsrsrsr ???? Daí se Vê o compromisso de realmente se planejar e executar alguma coisa nesta cidade! Um projeto copiado somente para cumprir prazos, sem a menor intenção de que aconteça. E o culpado é o funcionário.

    Publicado por Ursula | dezembro 20, 2013, 1:24 am
  3. Descordo quando se fala que Januária não tem jeito e que esse plano não vai pra frente? como algo pode ir para frente quando nem nasceu ainda? o plano não foi feito, simplesmente pegaram uma cópia (mais fácil)Parabéns ao prefeito que está brincando de governar uma cidade, sua irresponsabilidade foi motivo de chacota nacional, merecida. Prefeito e vereadores, além de pensar em festas, podiam, no mínimo fazer sua obrigação no que diz respeito ao legislativo. Pior que isso foi ter colocado a culpa no funcionário, feio em prefeito? Colocar a culpa da sua irresponsabilidade nos outros…não era a assinatura do funcionário que estava no documento…

    Publicado por Renata BH | dezembro 20, 2013, 10:33 am
  4. Isso é mais uma copia entre varias que já existe.

    Publicado por Tarcisio | dezembro 26, 2013, 1:31 am
  5. Que situação! Sou januarense de coração, embora não more ai, é de ficar triste quando em minhas visitas anuais a cidade, me deparo sempre com os mesmos problemas, o descaso, o favorecimento, a falta de conhecimento e a corrupção infiltrada nas administrações. O funcionário é culpado sim, mas o prefeito também, pois é de sua responsabilidade, ele é o gestor. É preciso funcionários e vereadores com o mínimo conhecimemnto em administração para fazer a cidade ser lembrada novamenete por sua hospitalidade e cultura, que fez com que se tornasse conhecida mundialmente.

    Publicado por Marcos Brito | fevereiro 11, 2014, 12:57 pm
  6. meu Deus que tristeza, Januária esta a mais de mil quilômetros de distancia do mar, não tem ferrovia (ou seja trem). Melhor Minas nem tem mar… e me aparece uma dessas, é triste, mas somos nós que elegemos o gestor e os legisladores.

    Publicado por Ernane | março 2, 2016, 1:43 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Realização

Amigos de Januária

Apoio

TRANSLATOR

Eu leio amigos de Januária:

Junte-se a 23 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: